VIAGENS DE VINHO PELA AMÉRICA DO SUL

Como já citei em matéria anterior, nesse momento pós covid, nosso retorno às viagens será gradual. Lembrando sempre que devemos nos cuidar e seguir as orientações da OMS.

Se todos nos protegermos, com certeza tudo terá um resultado mais do que positivo.

Devemos muito, nesse momento, priorizar as viagens para nosso exuberante Brasil, no entanto temos como segunda opção toda a América do Sul. Os pacotes são vendidos em dólar, mas, apesar de o câmbio estar alto, os preços originais caíram bastante, o que acaba por equiparar. E a moeda para levar, pode ser o real e lá mesmo podem fazer a troca para moeda local. Sendo assim, não há necessidade de comprar dólares pagando esse absurdo do momento.

Então, vou citar algumas opções para aqueles que amam viajar e agregar conhecimento de vinho.

Eu, particularmente, amo viajar, beber vinho e aproveitar de uma boa gastronomia.

Temos inúmeras vinícolas maravilhosas para conhecer.

Destaco que programar esses passeios com SUA agência de viagens é uma boa opção para quem busca comodidade e oportunidade de conhecer outra vinícola ou fazer outro passeio no mesmo dia. Ou seja, um serviço prestado que otimiza seu tempo e o faz apenas desfrutar do seu passeio com tranquilidade e alegria.

Santiago – Chile

As opções são gigantescas. São muitas e muitas vinícolas na região próxima a Santiago. Visitei a Concha y Toro que atrai um grande volume de turistas. Por isso, oferece quatro tipos diferentes de tour, do tradicional, com visita simples, até opções mais sofisticadas, acompanhadas de sommelier. Há ainda um bar-restaurante e um uma loja de vinhos. Também estive na Undurraga que produz vinhos únicos, de origens específicas, refletindo o melhor dos terroirs e vales do Chile. Estou cada vez mais apaixonada com os vinhos Carménere, que são os típicos do país. Há uma loja de vinhos e espumantes com preços bem atrativos e com boa variedade.

As Vinícolas da região normalmente oferecem passeios guiados e experiências de degustação. Há ainda opções de almoço e outras refeições em muitas delas.
Lembre-se sempre de contratar os serviços com seu agente de viagens.

Montevidéu – Uruguai

As principais vinícolas em Montevidéu e regiões próximas, produzem excelentes vinhos, como os de Cabernet Sauvignon, Pinot Noir e Tannat (uva que ganhou meu coração), a uva mais famosa no país e preferida de muitos.
Como sugestão fica a Bodega Bouza que é uma das mais conhecidas, atraindo turistas durante o ano inteiro. No local, você pode passear por vinhedos, com direito a degustação, fazer as suas refeições em um ótimo restaurante e ainda conhecer um museu de carros, com modelos clássicos.

Ica – Peru

E o Peru não é só pisco não! Em Ica tem uma produção crescente de vinhos e que pode surpreender nos próximos anos. Aproveite enquanto ainda não está na moda e os preços são bacanas (e, de quebra, ainda aprende sobre o processo de produção do pisco, já que normalmente se produz na mesma fábrica). A província de Ica é um lugar ideal para cultivar variedades de vinho, as melhores vinícolas do Peru estão localizadas nesta região. As áreas vinícolas mais importantes estão na costa central e ao  sul onde são produzidos os vinhos mais conhecidos, como Tacama, Vista Alegre e Ocucaje.
O famoso enólogo francês, Émile Peynaud, ajudou a fundar a primeira vinícola do Peru, a Viña Tacama, localizada no Vale de Ica. O lugar exibe paisagens intrigantes, com vinhedos plantados literalmente no meio do deserto. É considerada, por muitos, a melhor do país e produz vinhos de cabernet sauvignon e sauvignon blanc, além de espumantes. A vinícola exporta para vários países europeus. As visitas estão abertas de segunda a domingo, inclusive aos feriados.

Mendoza – Argentina

A região de Mendoza é considerada o berço do vinho na Argentina e uma das regiões vinícolas mais importantes das Américas. Mais de mil bodegas, de pequenos produtores até as maiores e mais importantes empresas produtoras do país, estão instaladas por lá. A queridinha dos amantes de vinho na Argentina, Mendoza, além de ser uma cidade linda, abriga a maior produção de vinho no país. E o clássico argentino, o Malbec, é produzido quase que 100% lá. As Vinícolas em Mendoza são divididas por região. Temos as principais: Região de Lujan de Cuyo , Região de Valle de Uco e Região de Maipú.
Mendoza é famosa por produzir os melhores vinhos Malbec do mundo. Além deste, as variedades Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Sauvigon Blanc, Chardonnay, Merlot, Bonarda e Syrah também são muito apreciadas.
Aqui vou sugerir a visitação à Catena Zapata que foi pioneira no sucesso da produção dos vinhos argentinos. A atividade da vinícola se iniciou em 1902 e deslanchou na década de 90, com a sua plantação de uvas Malbec. A partir dessa variedade, produzem diversos rótulos premiados e elevaram o status do vinho de Mendoza mundialmente. É uma das bodegas mas procuradas para visitação e degustação. Recebe tours em diferentes horários.

JULIANA MENESES
Girotour | juliana@girotour.com.br

 

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Em pauta

Outros posts

Viagens

Viagem Enogastronômica

Essa semana tem tanta coisa boa vindo por aí…. Já queria contar tudo de uma vez!!! A GIROTOUR é a SUA agência de viagens!!! Sempre

Leia mais »
Turismo

Destination Wedding

Vocês já repararam que, nos últimos tempos, uma das formas de casamento mais procurados pelos noivos é o Destination Wedding? Pensando nisso, resolvemos compartilhar com

Leia mais »
Amor

Falando sobre o amor

Hoje eu gostaria muito de falar sobre o amor….. Um sentimento que, realmente, nos remete a uma deliciosa viagem à dois! Mas não é do

Leia mais »
Rolar para cima