Destination Wedding

Vocês já repararam que, nos últimos tempos, uma das formas de casamento mais procurados pelos noivos é o Destination Wedding? Pensando nisso, resolvemos compartilhar com vocês dicas incríveis sobre o assunto.

Com tantos lugares lindos espalhados pelo Brasil e pelo mundo, não é difícil entender o motivo pelo qual o destination wedding tem se tornado cada vez mais popular neste universo de casamentos.

Em português, destination wedding significa “casamento no destino”, ou seja, quando os noivos decidem viajar para realizar uma cerimônia fora de sua cidade ou país.

É uma ótima estratégia para ter um casamento que foge totalmente do modelo tradicional, fora dos lugares e cenários comuns. Também é uma forma de conciliar o casamento no destino dos sonhos juntamente com a lua de mel.

Essa tendência que vêm crescendo mundialmente faz com que a indústria se prepare cada vez mais para atender essas demandas. Hotéis, resorts e fornecedores por todo o mundo já oferecem serviços específicos e infraestrutura para facilitar a realização desse tipo de casamento. E nós, da Girotour Viagens, também oferecemos total apoio às noivas e noivos no planejamento dessa ocasião tão especial!

As possibilidades são imensas! Trabalhamos com opções de casamentos em praias no exterior e no Brasil. O mundo é enorme! Essa é uma chance que o casal tem de sair fora da caixinha e escolher um destino que tenha a ver com a história e personalidade deles, ou que sempre quiseram conhecer. Além disso, o casamento não durará apenas 8 ou 10 horas, mas sim alguns dias! Dando início logo no começo da viagem e finalizando quando os convidados estão de volta. Isso pode ser entre três a sete dias em média. Que delícia, né?

Com certeza é um tipo de casamento totalmente diferente do que seus convidados estão acostumados a ir, sem contar que todos esses dias e momentos preciosos vão ficar na memória para sempre.

Se você escolheu se casar fora do país, é importante ter em mente que há diferenças nos costumes, profissionais, formas de conduzir o negócio, horários e condições climáticas. Muitas coisas podem ser diferentes do que você está esperando ou sonhando.

Planejar qualquer casamento vai tomar bastante tempo da rotina dos noivos. São muitos detalhes, muitos fornecedores a escolher, muitos desejos e sonhos a realizar. Com um destination wedding não é diferente. Por isso a Girotour Viagens se tornou especialista nessa delícia que é organizar esse momento para ajudar os noivos a realizarem esse sonho.

Se for possível, visite a região pelo menos uma vez antes do casamento (sugestão e não obrigação). Esta visita será para agendar algumas reuniões para escolher buffet, decoração e alguns fornecedores. Diferente das cerimônias tradicionais, além do significado especial do grande dia e dos registros com cenários de tirar o fôlego, você proporcionará aos seus convidados uma experiência única e marcante.

Em um Destination Wedding, normalmente, a celebração do casamento não acontece em apenas um dia. Tem noivos que optam por fazer mais dias de festa, tais como: recepção de boas-vindas, festa na piscina, um almoço ou programação com os convidados até chegar a cerimônia do casamento.

Além de todos esses dias de festa e interação com os noivos, os convidados também terão a oportunidade de conhecer um novo lugar, vivenciar a cultura local e, se puderem, aproveitar alguns dias a mais no destino.

Atualizar passaporte e obrigatoriedade de visto, vacinação adequada, saber as regras para as bagagens são alguns itens para se preocupar. Mais uma importante vantagem de escolher uma agência de viagens competente para conduzir todo o processo. Outro ponto importante é sobre o casamento civil: existem duas opções para os noivos nesse caso, casar no civil na cidade natal antes de viajar ou se casar lá no local escolhido.

Geralmente, os convidados chegam com dois ou três dias de antecedência da data da cerimônia, no mínimo. O mais indicado é que os noivos desembarquem com pelo menos três dias de antecedência para resolver alguma pendência e acompanhar os preparativos do casamento.

Um destination wedding vai conseguir manter a questão do casamento personalizado, com o estilo que os noivos sempre sonharam? A resposta é SIM! A única coisa que seria diferente é a questão da logística disso tudo. É tudo uma questão de organização e planejamento das coisas, do que vai ser contratado localmente e do que vai ser levado. É preciso ter mais atenção com tudo que estão levando e tudo que trarão de volta. Por isso, mais uma vez, reforço a importância de se contratar uma empresa para assessorar todo o casamento…. do início ao fim.

Existem alguns pontos decisivos que vão influenciar sua escolha na hora de decidir qual é estilo de casamento perfeito para vocês. Primeiramente seria o número de convidados. Quando escolhemos um destinaton wedding a primeira coisa que acaba sofrendo alteração, com relação a um casamento normal, é a lista de convidados. O casal terá uma lista menor, mais selecionada e íntima. Tão importante quanto o item anterior, é o orçamento que, evidentemente, faz parte deste processo decisório e vai impactar os convidados também.

Os noivos têm que pensar nos hotéis, voos e até mesmo nas visitas que farão ao destino durante a organização. Em cada país, há itens que custam mais caro que em outros. Por isso é importante conversar com profissionais, fazer orçamentos e verificar valores para passagens, hospedagem, traslado, transporte e alimentação.

Além do custo do casamento em si, é preciso incluir no budget o custo por convidado. É uma questão muito pessoal, que varia de casal para casal de acordo com as condições dos convidados – e também dos noivos – e acaba sendo uma das maiores dúvidas sobre o destination wedding. Não existe uma regra fixa: Ou os noivos arcam com os gastos gerais do casamento ou os convidados arcam com o deslocamento e hospedagem pessoal. Neste último caso, seria de bom tom que os noivos abrissem mão da lista de presentes, assim os custos baixam para os convidados e podem ter uma ajuda a mais para ir celebrar o amor junto com os noivos.

Onde você se imagina dizendo SIM? Em uma cidade cosmopolita, na praia, no campo? Em que país? Pesquise! O Instagram, o Pinterest, a internet inteira está ai para isso. Se informe ao máximo, veja muitas fotos e leia bastante sobre o local onde você sonha fazer o seu casamento, mas PRINCIPALMENTE consulte um agente de viagens especialista, pois ele terá informações precisas que irão de encontro ao desejo e sonho dos noivos.

Em um casamento tradicional recomenda-se pelo menos um ano de antecedência, então para um casamento fora da sua cidade, é melhor calcular pelo menos um ano e meio a dois anos de antecedência.

Se o destination wedding dos seus sonhos é no Brasil, fica mais fácil de considerar as estações do ano, a cultura e os meses de pico na hora de escolher.

Agora, se o lugar encantado for fora do país, é preciso levar em consideração vários fatores como as estações do ano – neve, tempestade, calor intenso e até furacão, o calendário de feriados para saber se vocês não escolheram alguma data comemorativa, feriado ou festividades que pode atrapalhar os planos, tempo para resolver o lado burocrático todo e a disponibilidade dos convidados para celebrar junto com vocês.

Com a data e destino em mãos, o Save the Date deve ser enviado imediatamente. Os convidados precisam se programar, pedir férias no trabalho e organizar a viagem caso tenham que ver passagem e hospedagem por conta própria.

Como todo tipo e estilo de casamento, o destination wedding tem seus prós e contras.

Prós:

1. Redução da lista de convidados – os noivos têm a opção de convidar somente quem faz parte da história deles, o que permite criar um clima intimista e bastante romântico;

2. Cenário paradisíaco;

3. Interação – Passar mais tempo junto aos amigos e familiares. Os convidados têm a oportunidade de conviver uns com os outros, por mais tempo do que simplesmente o horário de duração da festa;

4. Atividades extras – Num destination wedding os noivos têm que organizar algumas atividades para os convidados, como refeições juntos e atividades de lazer, capazes de ampliar os momentos de união entre as famílias e os amigos.

5. Usar fornecedores e produtos locais – isso vai proporcionar aos convidados uma autêntica experiência local. Quanto mais regional, mais interessante!

Contras:

1. Algumas presenças queridas não poderão celebrar com vocês – Nem todos os convidados terão disponibilidade ou estrutura física (os mais velhos, por exemplo) para viajar e, por isso, você terá que abrir mão da presença de algumas pessoas importantes na sua vida;

2. Conversão de valores;

3. Levar algumas equipes do Brasil com você – Os noivos vão precisar levar alguns profissionais se fizerem questão que alguns itens sejam exatamente como sonhou. Dessa forma, terão que pagar, além do valor cobrado por eles para o trabalho contratado, os custos da viagem. Mas é claro que dá para usar somente fornecedores locais se essa for a escolha dos noivos, mas para que tudo saia conforme o planejado, é imprescindível ter uma assessoria brasileira que possa entender o que se passa em sua cabeça e quais são seus desejos, como já comentamos antes. Para evitar surpresas desagradáveis, essa assessoria precisa ser especializada em destination weddings.

4. Pesquisas e informações extras para os convidados – Os convidados vão precisar de algumas informações básicas para poder navegar no destino escolhido nas horas livres.

Assim como qualquer casamento, sempre é bom ter cuidado com algumas escolhas e decisões. Com um destination wedding não é diferente.

Na hora de viajar para o destino escolhido, considere o conforto e facilidade dos convidados. Escolha um lugar de fácil acesso e com transporte abundante.

Outro problema de lugares com acessos muito restritos, como ilhas que não aceitam a presença de carros ou lugares com várias etapas até chegar – avião, depois barco e ônibus, por exemplo -, pois este tipo de lugar pode encarecer o serviço de alguns fornecedores, que terão um deslocamento bem mais difícil.

Se os noivos não falam a língua do local, o idioma pode ser um problema na hora de coisas importantes se perderem nas traduções. Conte com a ajuda de um bom profissional se for o caso.

O vestido, véu, grinalda, acessórios e sapatos, assim como o terno, alianças e porta-alianças devem ir como bagagem de mão para evitar extravio de bagagem. O resto depende dos noivos, mas nada que ultrapasse o limite de peso do voo e as proibições de cada país (alimentos, bebidas, animais, etc.).

Os fornecedores de fora do país irão fazer apenas o que foi acordado no contrato. Se o casamento foi estipulado para durar quatro horas, por exemplo, ele ficará apenas este tempo no local. Não terá uma esticadinha do horário, algo muito comum no Brasil, portanto os horários devem ser observados para que tudo saia em harmonia no dia.

Sendo assim, segue abaixo um roteiro inicial as informações que vocês devem passar para a nossa Wedding Planner elaborar a apresentação personalizada para cada casal.

• Nome completo do casal

• Ideia de destino de casamento

• previsão do número de convidados

• previsão de investimento no casamento

Com essas informações base nossa Wedding Planner vai montar uma apresentação para o casal.

Espero que tenham gostado dessas breves informações.

Fonte:

Girotour Viagens e Turismo

Welcome Weddings

Sites de Pesquisa

Sobre Viagens & Turismo | Por Juliana Meneses

https://www.interagegoiania.com.br/noticia/1105/destination-wedding

 

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Em pauta

Outros posts

Viagens

Viagem Enogastronômica

Essa semana tem tanta coisa boa vindo por aí…. Já queria contar tudo de uma vez!!! A GIROTOUR é a SUA agência de viagens!!! Sempre

Leia mais »
Turismo

Destination Wedding

Vocês já repararam que, nos últimos tempos, uma das formas de casamento mais procurados pelos noivos é o Destination Wedding? Pensando nisso, resolvemos compartilhar com

Leia mais »
Amor

Falando sobre o amor

Hoje eu gostaria muito de falar sobre o amor….. Um sentimento que, realmente, nos remete a uma deliciosa viagem à dois! Mas não é do

Leia mais »
Rolar para cima